segunda-feira, 3 de junho de 2013

A VERGONHA DE SER HONESTO

Pode parecer absurdo, mas tenho vergonha de ser honesto.
O honesto trabalha, procura ser correto em suas ações, pratica empatia e compaixão, tem convicta a certeza de que todo ser humano é bom e merece respeito.
O honesto carrega as pedras colocadas pelos pilantras para que esses pilantras continuem pilantras.
O honesto paga pela vida boa do desonesto. Paga para continuar sendo motivo de chacota e para manter a alcunha de "otário".
O honesto acredita que todo mundo é honesto e é aí que ele se dá mal. 
O pilantra acha que todo mundo é pilantra e é aí que ele se dá bem.
O honesto acredita que todo mundo deve falar a verdade.
Já o pilantra conta com a mentira para sobreviver.
Tenho vergonha de ser honesto, mas como todo pilantra tem a pilantragem como modo de vida, sou honesto por natureza e ninguém muda sua natureza.