sexta-feira, 29 de agosto de 2014

UNS TRAZEM ENQUANTO OUTROS LEVAM

Meus amigos e minhas amigas, algumas pessoas me falam sobre a campanha eleitoral desse ano, dizem que está "fria", que não vemos propaganda, carros de som e disputas pelos votos em bandeiraços pelos semáforos. Parece que a campanha se resume às mídias sociais e televisão.
A verdade é que já está virando tradição no meio político concentrar os esforços nas campanhas no último mês, pois assim, evita-se gastos desnecessários e que não trazem resultados efetivos já que a maioria das pessoas definem suas escolhas na reta final, quase "na boca" da urna.
Dentro desse mesmo tema alguns me perguntaram sobre o "candidato do prefeito", que na última eleição apoiou o então deputado Valdemar Costa Neto. Isso gerou uma pífia tentativa de associar o prefeito ao deputado posteriormente cassado, mas o infeliz autor, na ânsia de acusar, "esqueceu-se" de mencionar que nesse ano em que o prefeito apoiou o deputado,o mesmo não tinha nenhuma condenação, ou sequer havia sido julgado em seus processos, ou seja, não havia sido provado nada contra ele, portanto seria impossível para o atual prefeito adivinhar o que aconteceria.
Na ocasião o prefeito não ocupava nenhum cargo político, mas mesmo assim trouxe para a nossa cidade mais de R$2 milhões de reais através de emendas do deputado, usados em asfaltamento de vias e outras obras.
Mas, o x da questão é que, independentemente de qualquer tentativa de acusação vazia e inconsequente, as eleições começarão de fato nesse mês e todos poderão decidir, segundo sua própria consciência, em quem depositar seus votos. Poderão optar entre a indicação de alguém que, mesmo sem mandato ou compromissos para cumprir, trouxe mais de R$2 milhões em recursos para a nossa cidade ou em outros candidatos apoiados por pessoas que levaram mais de R$1,3 milhões dos cofres da nossa cidade. Você decide, uns trazem, enquanto outros levam.