segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

ISSO É FATO E NÃO BOATO!

Meus amigos e minhas amigas, esse ano de 2014 foi muito positivo em diversos aspectos. 
Esse segundo ano do mandato do prefeito José Roberto de Assis serviu para confirmar a posição, as intenções e o “modus operandi” de alguns setores da oposição. Manipulando informações, usando a boa fé de pessoas e utilizando-se da revolta útil de alguns cidadãos, os capachos dos defuntos políticos propagaram boatos como sendo fatos e fatos positivos para a população como boatos.
Vou citar alguns exemplos recentes. Infelizmente, nossa cidade foi alvo de algumas tragédias nos últimos meses, como o latrocínio do empresário da Vila São Paulo e o homicídio do rapaz no Parque Internacional e ao invés de aferirem, naturalmente, a verdade dos fatos, preferiram usar a dor das famílias para tentar promover atos políticos contra o prefeito, atribuindo-lhe uma culpa que não lhe cabe e assim conseguir algum “lucro eleitoreiro” futuro. Felizmente, o povo e até mesmo membros do próprio núcleo oposicionista, conseguiram enxergar a ganância acortinada sobre essa bandeira e frustraram os planos covardes e inconsequentes da urubuzada.
Outro exemplo foi a questão do concurso público. Ao invés de dizerem que concurso público é a síntese da isonomia na contratação de pessoas para o serviço público, que qualquer cidadão que queira e esteja apto a concorrer teria essa possibilidade, preferiram cacarejar que haveria privilégios aos comissionados, coisa que os resultados divulgados deixaram claro serem impossíveis de acontecer.
Não vou citar mais exemplos, pois para isso precisaria de uma edição inteira dos jornais.
Eu não sei, posso estar errado, mas a meu ver, mesmo estando na oposição, as pessoas podem contribuir positivamente para a construção de uma cidade melhor. Podem criticar serviços que não correspondam à expectativa e à necessidade da população, apresentar sugestões e caminhar junto com o povo rumo a um futuro melhor. Entretanto, quando essa oposição passa dias, noites e madrugadas, buscando brechas jurídicas para tentar destituir um prefeito eleito pelo povo, não consigo enxergar boa fé ou defesa e representatividade desse mesmo povo.
Para mim quem não apresenta soluções para os problemas do povo e que apenas tenta coloca-lo contra o prefeito com boatos e informações manipuladas não querem o bem para todos, querem o bem apenas para si mesmo.
É triste, é lamentável, mas tudo isso é fato e não boato!