quinta-feira, 17 de julho de 2014

TAMBÉM ESTOU ENVERGONHADO!

Meus amigos e minhas amigas, vi muitos posts onde cidadãos se dizem estar envergonhados pela palhaçada do humorista na cidade. 
Eu confesso que também estou envergonhado.
Estou envergonhado em saber que tem gente nas redes sociais que apoia e defende um ex-prefeito comprovadamente culpado por DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO, ou seja, ele foi JULGADO e CONDENADO, não foi apenas PROCESSADO como é o caso atual, mas se "indignam" e dizem que são defensores da honra campolimpense, patético.
Sinto vergonha de pessoas que fazem uma armação ridícula para enganar o povo, como a cena das entrevistas no hospital onde membros do grupo Debate posaram de meros cidadãos que aguardavam ser atendidos e foram assim escolhidos "ao acaso", patético.
Sinto vergonha de pessoas que alugam salas com o objetivo de alojar um grupinho, mas saem sem pagar o aluguel, as contas de água ou de luz.
Sinto vergonha de pessoas que foram presas por receptação de carga roubada e posam de cavaleiros da honestidade.
Sinto vergonha de pessoas que sonegam impostos, mas dizem defender a ética e a moral.
Sinto vergonha de cidadãos que praticam atos libidinosos e asquerosos no ambiente de trabalho e depois posam de evangélicos ilibados.
Sinto vergonha de cidadãos que corrompem um funcionário para que ele suma com suas dívidas junto ao sistema da prefeitura.
Sinto vergonha de políticos que compram votos.
Sinto vergonha de pessoas mal intencionadas se aproveitarem da boa fé de centenas de cidadãos para conseguirem alcançar seus objetivos pessoais.
Sinto vergonha de sem-vergonhas que diziam apoiar o prefeito, mas quando não conseguiram seus cargos e mordomias, viraram opositores ferrenhos.
Sinto vergonha de outros imbecis que perderam seus cargos por incompetência, deslealdade e ambição e hoje despejam suas amarguras pela internet.
E para terminar, sinto aquela vergonha alheia de ver o quão fundo podem chegar as pessoas quando a ânsia por dinheiro e poder manda em suas vidas.